Sexta-feira, 29 de Julho de 2005

Sonâmbulo

Image hosted by Photobucket.com


       para a Soledade Santos

 

 

um gato deixou o seu sorriso marcado no vidro da janela. o seu miar
ainda se ouve. no quintal. junto à árvore onde costumava afiar as unhas.
era um gato malhado. gostava de andar à chuva. um gato simples. puro.
como outro gato qualquer.

Manuel A. Domingos, em Limites de Luz

publicado por arcadajade às 01:16
link do post | comentar
correio da arca

espólio da arca

sobre mim

tags

todas as tags

RSS

moon phases