Domingo, 18 de Julho de 2004

Rua Trinta e Um Fevereiro

um gato assim era quase um sítio perdido entre
o pêlo e o acordar (pequena fábula sonhada por
entre as patas) quem o enviou quis ensinar ao
mundo o sentimento da inveja. a mãe tirava da

boca para lhe dar assim mesmo o lorde mentia
na hora a que chegava das sete vidas paralelas.
um dia fugiu pela manhã o (in)g(r)ato mesmo
sem se despedir ou pagar o que levou:

a coleira nova e o guizo ...................... 150$00
duas latas de comida .......................... 395$00
um saco de areia higiénica .................. 200$00

dá notícias pedaço de deus se acordares desse
intrigante sono repousando de (qual?) cansaço
que pensas tu afinal de Ivan Petrovich Pavlov?

 

João Luís Barreto Guimarães, Rua Trinta E Um Fevereiro, Porto, 1991

e em lugares comuns

publicado por arcadajade às 14:00
link do post | comentar
correio da arca

espólio da arca

sobre mim

tags

todas as tags

RSS

moon phases