Quinta-feira, 18 de Julho de 2013

Breakfast em Maspalomas

                                                                                                  I like cats, Indian Folk Art

 

Das coisas que menos esperava
num hotel de cinco estrelas
era encontrar um gato
no meu prato de torradas.
Como num dos poemas últimos de Montale,
enquanto o chá arrefecia,
foi-se afastando pelo muro do terraço
em leves e femininos passos de dança,
como o faria Nureiev se tivesse
tomado comigo o pequeno almoço.

 

Eugénio de Andrade, Rente ao Dizer, 2ª ed, 1992


publicado por arcadajade às 01:38
link do post | comentar
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

como um haiku

 

 

Gatinho recém-nascido
abandonado à beira do caminho
pequeno e pulsante como un haiku

Levaram-no para casa
chamaram-lhe Bashô

 

poema inédito de Manuel Silva-Terra

 

 

publicado por arcadajade às 16:44
link do post | comentar | ver comentários (6)
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Gatos de May Ann

 Ilustração de May Ann Licudine

 

 

publicado por arcadajade às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (5)
Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Dois gatos na cidade

 

Os gatos de Lisboa

 

Os gatos de Lisboa são altos,

esguios bem falantes.

Sabem quase tudo de história e

um pouco de geografia.

 

De noite caçam gatas

e de dia companhia

entre o lixo da cidade.

Não são assim tão pardos

como dizem as histórias.

 

Pelo contrário, andam

engravatadinhos, ar galante e

de quem não parte uma unha.

Se lhes falarem em

sardinhas levantam

altivos os bigodes -

não são desses gatos

farruscos aos pés

das varinas. Têm classe!

 

Mas mostrem-lhes um

banco de jardim ao sol.

E miau.

 

R. Joanna

 

 

cidade à parte

 

os gatos da cidade de lisboa
são raros de encontrar, discretos
milagres do langor quotidiano,
atentos na sua calma
à alheia agitação citadina.

Interessam-lhes as árvores
os pássaros e às vezes
olham os rostos das pessoas.

alguns deixam-se aproximar
gostam até de nós, de nós
que gostamos deles
e queríamos encontrá-los
mais vezes
pelos passeios e jardins
mas eles só se deixam
encontrar por acaso.

 

sete-sóis

 

 

publicado por arcadajade às 16:26
link do post | comentar | ver comentários (7)
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Da infância

 

 

publicado por arcadajade às 08:36
link do post | comentar | ver comentários (2)
Domingo, 4 de Maio de 2008

Gatos de Brian Pike









publicado por arcadajade às 12:42
link do post | comentar
Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Chouettes des chats

 

Uma prenda da Ana.

 

 

publicado por arcadajade às 21:13
link do post | comentar
Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Gatos Nestlé

publicado por arcadajade às 14:48
link do post | comentar
Quinta-feira, 30 de Março de 2006

Steinlen

Mais gatos de Steinlen:

 

Théophile Alexandre Steinlen (1859-1923), pintor, ilustrador e impressor, nasceu em Lausanne, na Suiça. Em 1881 mudou-se para Paris onde trabalhou como designer têxtil. Aqui, frequentou os cafés de Montmartre, nomeadamente o famoso Le Chat Noir, onde travou conhecimento com artistas de vanguarda, como Toulouse-Lautrec e Émile Zola, integrando o seu círculo. Colaborou nos jornais Le Chat Noir e Mirliton, e ilustrou também as canções de Paul Delmet, de Richepine, e a recolha Dans la Rue, de Aristide Bruant.

 

 

Colaborou igualmente em jornais e revistas, e produziu cartazes publicitários,desenvolvendo um estilo muito próprio. A filha, Colette,  escritora, e, como o pai, grande apreciadora de gatos, serviu-lhe de modelo para os cartazes de La Compagnie Française e de Le lait de la Vingeanne.

 

Próximo dos communistes e dos anarquistas, denunciou a pobreza, a exploração e a violência através de cartazes e de ilustrações em Le Petit Sou. Entre 1913 e 1919 produziu dezassete cartazes de guerra, expondo a insustentável miséria de soldados e civis.

 

 

 

      

 

 

 

 

publicado por arcadajade às 23:44
link do post
Terça-feira, 18 de Outubro de 2005

O Gato das Botas

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com Ilustrações de Gustave Doré

publicado por arcadajade às 00:00
link do post | comentar
correio da arca

espólio da arca

sobre mim

tags

todas as tags

RSS

moon phases